Desafios no caminho – da hesitação à gratidão

Na sessão de lançamento da minha nova proposta BE Yourself estávamos 2 pessoas: eu e o meu participante mais fiel, a pessoa que mais apoia o meu caminho – o meu marido. E fizemos a sessão completa. E foi lindo.

 

Nos primeiros instantes hesitei e senti-me desanimada, mas essas sombras dissiparam-se num momento e de repente tinha total clareza e um ânimo reforçado: eu vou fazer esta sessão! Permitir que esta Energia, que criei e nutri com tanto carinho, se manifeste; que o meu Ser se expresse e desfrute.

 

Quando a Alma quer, vale sempre a pena! Quando estamos presentes, disponíveis, de mente aberta e coração aberto, a magia acontece. Quando nos entregamos à Vida tal como ela se nos apresenta, quando fluímos, a criação emerge!

 

Na preparação interna para esta sessão, junto do meu altar, recebi a inspiração de 2 cartas:

DESAPEGO. Pedi à Grande Mãe e ao Grande Pai para me libertar da necessidade de aprovação e reconhecimento externo, da valorização através dos outros. Libertar-me de expectativas e ideias preconcebidas sobre como as coisas devem ser. Fazer dos meus actos uma celebração, uma oração, um serviço ao meu Propósito Maior e um serviço ao Bem Maior, à Felicidade de Todos os Seres.

 

HUMILDADE. Reconhecer que não sou eu sozinha que faço as coisas acontecer, que não controlo a minha vida, que não tenho a compreensão plena da Verdade. Saber-me sempre guiada e acompanhada. Descansar nessa certeza. Permitir que o Espírito me habite e me guie. Render-me ao Grande Mistério. Aceitação plena e profunda do que é, sem buscar nada mais. Receber profundamente o amor do Grande Pai e da Grande Mãe e assumir o papel de filha. Confiar que a Vida sabe o que é o melhor a cada momento.

 

Começar algo novo e diferente implica sempre alguma incerteza e algum risco – é essencial acreditar e não desistir! Teria sido bom a presença de mais pessoas? Sim, naturalmente. Gostaria que tivesse sido diferente? Não. Na qualidade da vivência os detalhes perdem relevância… questões menores dissolvem-se… a Essência fica!

 

Eu tenho tudo o que eu preciso. Eu estou inteira. Eu sou amada. Eu sou uma manifestação única e bela da Vida. Com confiança e amor eu ocupo o meu lugar no mundo. O meu caminho, que é único e incomparável, faz sentido e é abençoado e celebrado.

 

Foi perfeito como foi. Sinto-me Plena e em Paz! Profunda Gratidão!

 

Lina Afonso | Yoga de Corpo e Alma

setembro 2019